Thiago Mendonça em preparação filme Somos Tão Jovens
dez 2011 17

Os atores Thiago Mendonça, Bruno Torres e Sérgio Dalcin ensaiando sob a tutela de Carlos Trilha. No filme Somos Tão Jovens eles irão interpretar Renato Russo, Fê Lemos e André Pretorius (Petrus) a formação origianal da banda Aborto Elétrico.

O Revista do Cinema Brasileiro visitou o estúdio onde os atores do filme “Somos Tão Jovens”, sobre Renato Russo, estão ensaiando. O reporter Marcelo Goulart fez as entrevistas com o diretor Antônio Carlos Fontoura, o produtor musical Carlos Trilha e os atores Thiago Mendonça e Bruno Torres .
ATENÇÃO: Os créditos dos atores Thiago Mendonça e Bruno Torres estão trocados. Na verdade, quem interpreta o Renato Russo é Thiago Mendonça.

Humanish, rock com peso
out 2011 26

Os frutos do trabalho já começaram a ser colhidos. O single, “Eu Acredito em Você”, lançado ano passado foi destaque na revista Rolling Stone e está na lista das apostas para 2011 no site Rock In Press, especializado em música.

[Leia mais..]
Onde Mora o Segredo – ARÍCIA MESS
jun 2011 08

Muito se fala do suíngue da musica negra, mas se diz pouco sobre a sabedoria que vem do índio e do negro dos quais nós brasileiros herdamos o sangue e a cultura. “Quem balança como o mar não tem medo”, canta Aricia Mess em Onde Mora o Segredo. Essa cantora e compositora negra, carioca, descendente de índios, celebra a vida e o divino com sua música há mais de 15 anos. Ela nasceu com o ritmo e o pulso, incorporou a influência da música pop e faz qualquer um dançar sem o menor esforço. Mas não pense que basta se jogar na pista para curtir esse disco, prestar atenção nas letras faz parte da viagem.

Clique aqui para ouvir o CD.

Para Arícia Mess a arte é uma oferenda, uma forma de amenizar o sofrimento até mesmo de quem já foi. Por isso seu trabalho é dedicado às divindades femininas, às índias e negras que habitaram nosso país continental e que entregaram suas vidas em décadas de escravidão e dor. No batuque dos terreiros se faz a conexão com o divino, na pista a experiência se repete com alegria : “Rainha de Angola mandou dançar”. E todo mundo dança. Não dá pra ficar parado enquanto esse convite nos chama.

Escute


Arícia cuidou de cada detalhe dessa produção de qualidade técnica apuradíssima que tem a energia da música feita ao vivo. Por pouco mais de um ano ela testou esse repertório nos palcos e depois da banda quente e afinada gravou as bases com o power trio que a acompanha : Bruno Silveira (bateria), João Paulo Deo Gracias (Baixo) e Mauricio Caruso (guitarra). Ela assina a direção artística do cd e todos os arranjos junto com a banda, Carlos Triha e Fernando Morello – esses, parceiros desde o final dos anos 90.

Arícia Mess em começo de carreira foi a sensação dos palcos cariocas com uma banda de 9 pessoas e essa mistura de música pop com tropicalismo baiano. O Brasil estava carente de originalidade e de balanço. Seu primeiro disco saiu em 2000 numa época em que ser independente não era nada comum. Ela foi uma das primeiras artistas a misturar sem medo o Tropicalismo (no caso de Arícia especialmente Gilberto Gil) com Michael Jackson e Stevie Wonder. Hoje a diversidade é o mote na expressão cultural no Brasil e ser independente é a principal saída.

Vinicius de Moraes já dizia que o samba é uma forma de oração. Aqui tudo celebra a vida com a sabedoria de quem sabe esperar a hora boa e seguir a correnteza. É só prestar atenção pra fazer a coisa certa, que nesse caso é ouvir “Onde Mora o Segredo” bem alto e se deixar contaminar pela força e pela felicidade que nos traz a música de Aricia Mess.

www.ariciamess.com

Gravado entre janeiro de 2009 e janeiro de 2010 nos estúdios YB, Órbita e Loop, exceto voz e percussão da faixa 3, gravadas no home studio de Yuri Pinheiro e vozes das faixas 3 e 9, gravadas no home studio de Arícia Mess.

Carlos Trilha usa: mini moog, moog, concert mate, jupiter-8, juno 60, fender rhodes (mk1), clavinete (horner d-6), arp.2600, vk-7, vk-8.
Produção Musical : Arícia Mess, Carlos Trilha e Fernando Morello
Mixagem: Carlos Trilha e Fernando Morello
Masterização: Carlos Trilha, Fernando Morello e Aricia Mess
Arranjos : Aricia, Banda, Carlos Trilha e Fernando Morello.

Tijuquera Rocksteady
fev 2011 27

Desde 2006 sem lançar álbum autoral, o Tijuquera traz a 2010 uma novidade em dose dupla: os discos Tijuquera Rocksteady e Tijuquera #5. Uma sequência de eventos que envolve inicialmente o ambiente web (tijuquera.com.br), shows de lançamento em Florianópolis e litoral catarinense, além de shows nas principais capitais do país.
Um hiato de quatro anos vinha se estendendo desde o lançamento do álbum #3 Quem quiser, é isso aí… Tijuquera, em 2006. Após o período de divulgação do terceiro disco do Tijuquera, a banda decidiu pôr em execução o que vinha adiando desde 2001: a realização da sua primeira tour fora do país. Após intenso planejamento, reuniram-se as principais músicas dos três primeiros discos da banda em uma compilação de vinte e uma faixas, com direcionamento ao mercado europeu e japonês: a coletânea Tijuquera Floripa Groove 2000 | 2004 | 2006. Embarca, então, em abril de 2008, para a Europa – fazendo shows em Paris, Milão e Lisboa. No mesmo ano, em outubro, a banda representou o Brasil no festival Popkomm, mega-evento realizado anualmente em Berlim (Alemanha). O mercado internacional, enfim, abrira-se ao Tijuquera.

Acesse o site

http://www.tijuquera.com.br

Há de se ressaltar mais um fator determinante para o hiato fonográfico da banda. Um outro empreendimento importante dessa época que demandou muito tempo e esforço do Tijuquera foi a criação e gestão da Célula Cultural Mané Paulo (celulacultural.com) – espaço cultural de Florianópolis, localizado no bairro João Paulo, local de origem e, ainda hoje, residência de quase todos os integrantes da banda. Inaugurada em janeiro de 2008, a Célula é hoje referência em casa de shows em Santa Catarina.
Em abril de 2010, acontece o lançamento virtual dos dois álbuns autorais: Tijuquera Rocksteady e Tijuquera #5 (quarto e quintos discos da banda, respectivamente). Aproveita do lançamento do novo site oficial da banda (tijuquera.com.br) para disponibilizar ambos os discos para audição e o álbum Rocksteady para download grátis. Já o Tijuquera #5 está disponível apenas para compra (CD físico) através do site e nos shows da banda.
Para celebrar o lançamento dos discos novos, o Tijuquera faz em Florianópolis um evento para imprensa no dia 11 de agosto, às 21h, no Taikô Iguatemi. Um evento para convidados mais-que-especiais e com apenas cem ingressos disponíveis para o público. A todos que estavam ansiosos pelo lançamento dos álbuns, é chegada a hora de matar a saudade.

Muda – Luis Carlinhos
dez 2010 10

Os três mêses que o cantor morou em Laranjeiras, foram bem representativos para a produção do CD Muda. Mesmo bairro dos músicos e produtores do disco, o guitarrista Walter Villaça e o percussionista Siri, boa parte do álbum foi concebida e gravada nessa bucólica região da cidade do Rio. As gravações seguiram no Estúdio Maldita por Vidaut, no Na Vitrola por Sacha Amback que gravou todos o teclados, e finalmente, no Órbita por Fernando Morello e Carlos Trilha, para a colocação das vozes e mixagens. No repertório, Carlinhos apresenta parceiros novos como os letristas André Gardel e Gabriel Pondé, e os mais antigos como Baia e João Suplicy. A capa é da fotógrafa e artista plástica, Déborah Engel. www.luiscarlinhos.com.br


Escute aqui

3 – Chame-Chame


4 – Toró


5 – Te Quero
4 Cabeça
dez 2010 10

4 Cabeça0

Posted In Notícias

O recém premiado com projeto 4 Cabeças, no 21º Prêmio da Música Brasileira, foi mixado aqui no Órbita.
Os 4 Cabeças é formado por quatro compositores, cantores e músicos, Gabriel Moura, Rogê, Baia e Luis Carlinhos. Nos shows, eles apresentam canções como TV Cultura, 4 Cabeças, Lembrei e Fulano, Sicrano e Beltrano.
Gabriel Moura é vocalista da banda Farofa Carioca, além de idealizador do grupo ao lado do parceiro Seu Jorge. Já teve composições gravadas por Ana Carolina, Paula Lima, Zeca Pagodinho e Wilson Simoninha. Já ganhou o prêmio Shell devido as músicas e direção musical do espetáculo Noites do Vidigal, do grupo teatral Nós do Morro.
Já Rogê une samba, reggae, sambalanço e MPB em suas letras, também já gravadas por Arlindo Cruz, Seu Jorge, Duani, entre outros. É dele a música Oh Chuva!, sucesso pelo grupo Falamansa e pelo cantor Geraldo Azevedo.
Luis Carlinhos é conhecido pelo grande público brasileiro como “Samambaia” por suas participações no torneio Rock Gol da MTV, teve na mesma emissora a veiculacão dos seus três vídeo-clipes “Oh Chuva!” e “Tempo Ligeiro” (Dread Lion) e Carcaça (solo). Em junho de 2009 lançou seu novo CD “Muda”.
www.myspace.com/4cabeca
Escute aqui:


(Gabriel Moura/ Mauricio Baia/ Rogê)

Por uma cabeça
Estão a prêmio
Estão apenas por uma jogada
Por uma tacada
Por uma sacada de gênio

Eles tão armados
Estão jurados
Intencionados
Fazendo sinais de fumaça
Para anunciar que eles estão chegando

Seus puro sangues lado a lado
Vêm galopando
Levantando poeira
Vociferando
Quebrando o silêncio

Eles vêm fazendo o nome
Eles vêm de boca em boca
Colocando palavras na lingua do povo

São quatro caboclos em volta da mesa
Quatro presas versando em prosa
Travando trovas
Lembrando lendas
Alucinados

Paladinos do apocalypse
4 vértices, 4 histórias
São procurados e perigosos
Tome cuidado!

Macanjo grava seu CD de estréia no Órbita
jun 2010 01

Texto de Braulio Lorentz

O grupo quer aproveitar a exposição do Mada. Para isso, os integrantes apressam a finalização de sua estréia para lançar seu CD no evento que impulsionou a carreira do também carioca Detonautas Roque Clube.

– É possível lançar em agosto, pois já tocamos em shows praticamente todas as músicas que estarão no CD, chegamos com os arranjos prontos – explica o vocalista. – Baixo e bateria já foram gravados nos estúdios do produtor Carlos Trilha. Optamos por gravar essa parte do disco com ele, porque gostamos do tipo de som que ele tira. São os primeiros alicerces de um CD de rock.

Trilha – que já trabalhou com Lobão, Los Hermanos, Ana Carolina, Legião Urbana e Pedro Luis e a Parede – assina como produtor no primeiro CD do Macanjo, ainda sem nome definido, e já confirmou que vai fazer a mixagem e masterização do trabalho. A seleção inclui músicas como “Pensando bem” e “Arlequim”.

– Adoro as composições deles. O Macanjo tem alguma coisa a mais em relação aos outros artistas. As músicas emocionam. É isso que me pegou no show e me pegou aqui no estúdio. Eles tocam superbem. É um prazer – declara Trilha.

O produtor do quarteto diz que tem um jeito bem particular de trabalhar, que fez com que eles se identificassem com sua proposta.

– Gosto de microfonar e estar presente em todas as etapas – conta Trilha. – O mais comum é a partir de um certo ponto largar. Tenho interesse pela parte técnica. Meu estúdio não é padronizado, não é de locação. É apenas para meu próprio uso.

[Leia mais..]

Mixagem
jun 2010 01

Mixagem0

Posted In Notícias

Uma boa mixagem faz toda a diferença no resultado. Pode significar a diferença entre seu trabalho ser um “demo” ou tornar-se realmente um trabalho artístico definitivo. Hoje em dia, essa etapa tornou-se tão importante quanto uma boa captação. É na mixagem que se imprime um resultado personalizado em termos de som, onde se acentua o espírito desejado e define-se ainda mais a característica artística dos arranjos.
Rodando Logic Áudio sobre um hardware ótico de última geração, temos recursos praticamente ilimitados; podendo rodar até 256 vozes e centenas de plugins simultaneamente, onde o nosso limite é a própria imaginação.

Escute MOBILE de Marcelo Bonfá. Mixado no Orbita Music.

1. Mobile

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

2. A ponto de partir

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

3. De onde os sonhos vêm

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

4.Compaixão

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

5. Desencanto

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

6. Por um instante

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

7. Difícil de esquecer

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

8. Quase sempre

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

9. Castelos de areia

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

10. Contando estrelas

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Celeste – dueto de Marisa Monte e Renato Russo
mar 2010 30

Renato Russo completaria 50 anos hoje.
Em comemoração a esta data está sendo lançado pela EMI um CD com DUETOS do cantor com grandes nomes da música brasileira, como Marisa Monte, Dorival Caymmi, Caetano Veloso, entre outros.

Escute: Celeste – Marisa Monte e Renato Russo

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A música “Celeste“, com Marisa Monte, foi extraída de um demo-tape de 1993 do arquivo particular da cantora. A fita DAT, danificada, foi fisicamente recuperada e seu conteúdo extraído num trabalho minucioso e demorado. Ouvindo o “embrião” desta música que se tornaria Soul Parsifal (mais tarde lançada no CD “A Tempestade” da Legião Urbana), Marisa sentiu o desejo de finalizar com todo o critério aquela idéia inicial, que era praticamente uma outra canção e que ainda continha o frescor do momento da criação mas estava bem longe de ser o que a dupla de compositores esperava para sua composição. A demo, de 1993, foi feita em apenas 15 minutos, num intervalo de uma sessão de estúdio do “THE STONEWALL CELEBRATION CONCERT”, primeiro álbum solo de Renato Russo.

Para o desafio de extrair as vozes de um arquivo de áudio “mono” e fazer um novo arranjo sob elas, de acordo com a vontade dos dois compositores na época da criação, Marisa procurou o produtor musical e sound designer Carlos Trilha, que trabalhou com Russo em seus projetos solo. Carlos Trilha, sem ainda imaginar o tamanho do desafio técnico que enfrentaria nos próximos 3 meses seguidos a esta data aceitou o convite da cantora prontamente.
Carlos Trilha e a equipe do estúdio Órbita depois de muita pesquisa e horas de uma espécie de “artesanato digital”, conseguiram chegar num resultado onde já era possível, tecnicamente, completar de forma criteriosa a produção que fora iniciada 17 anos antes.
Contando com músicos excepcionais, alguns já haviam trabalhando com a Legião Urbana, como Fred Nascimento, Gian Fabra e Cesinha, Carlos Trilha e Marisa Monte concluíram a produção da música chegando num resultado emocionante.

Pré Venda na Livraria Saraiva:

Livraria Saraiva.com.br/produto/2878770/duetos

Mais sobre o assunto Marisa Monte e Renato Russo:

Letra:

Ve que o meu sorriso é verdadeiro
Meu coração está desperto
É sereno nosso amor
E santo este lugar

Dos tempos de tristeza
Tive o tanto que era bom
Eu tive o teu veneno e o sopro leve do luar

Porque foi calma a tempestade
E tua Lembrança
A minha estrela
Da alfazema fiz um bordado
Vem meu amor
É hora de acordar

Tenho um jasmin
Tenho hortelã
Tenho um cesto de flores
Eu tenho um jardim e uma canção

Tenho o verão
Tenho valor
Eu tenho um desejo e uma oração
Vivo feliz
Tenho um amor
E eu vou cantar uma canção pra mim
Vem que é hora de acordar

Vê que a minha força é santa
Como foi santo o meu penar
Pecado é provocar desejo
E depois renunciar

Porque foi calma a tempestade
E tua Lembrança
A minha estrela

Vê que o meu sorriso é verdadeiro
Meu coração está desperto
É sereno nosso amor
E santo este lugar

Tenho Jasmim
Tenho Hortelã
Eu tenho um anjo
Eu tenho uma irmã
Com a saudade teci uma prece
Preparei erva cidreira pro café da manhã

E eu vou cantar uma canção
Eu vou cantar pra mim
E eu vou cantar uma canção
Eu vou cantar pra mim
E eu vou cantar uma canção
Eu vou cantar pra mim

Comentários de fãs no Orkut:

Marisa havia gravado essa música que faria parte do disco ‘Cor de Rosa e Carvão’, porém, a canção viria com o título de ‘Celeste‘.
A música não entrou no repertório do disco – Marisa, na época achou que ‘ela’ não tinha o ‘clima musical’ proposto no repertório de ‘Cor de Rosa…’, então decidiu deixá-la de fora.

realmente muito massa a canção, só poderia dar nisso, juntar Renato e Marisa sai uma perfeição como essa!!! T+, abraço!!

esse lançamento de duetos é um grande lançamento !
tem a inedita parceria com a Marisa Monte, é um cd extradionario !

Estúdio mixa e masteriza trabalho do Catedral 20 anos
ago 2008 11

O Órbita vai mixar e masterizar o CD e DVD duplos de 20 Anos de carreira da Banda Catedral.
A Complô Produções, sob a direção de Karina Taccolini e David Almiron, cuidará da captação, edição, direção e a autoração do DVD.

Catedral vai comemorar seus 20 anos na terra da garoa e em pleno inverno, a gravação ocorrerá no teatro da Rede Record de televisão, com uma estrutura de ponta que segundo o Kim não ficara devendo em nada aos formatos de shows intimistas da MTV ou Multishow.

“Já temos duas participações de peso confirmadas que muito nos honra” relata o vocalista da banda. Serão ao todo de 5 a 6 participações no projeto.

Já é certo que terá a participação do tecladista e produtor Carlos Trilha que produziu os 15 anos ao vivo da Banda , além de haver participações tanto do meio gospel com da musica popular.
O formato contará com convidados e participação de alguns fãs-clube segundo informações da banda.
Fonte: DotGospel

Catedral discute projeto do CD/DVD 20 anos an Sala Júpiter

Catedral discute projeto do CD/DVD 20 anos an Sala Júpiter

Links:

http://www.midiasis.com/2008/08/10/catedral

http://kimcatedral.blog.uol.com.br/

http://www.dotgospel.com/noticias_catedral-gravara

http://pt.wikipedia.org/wiki/Catedral_(banda)